NOSSO BLOG

SEO Writing – o que é? Saiba dicas para criar conteúdo otimizados para o Google

SEO Writing é apenas um termo que descreve o processo de escrita para search engines. Consiste em usar boas práticas para que o texto seja mais bem classificado na SERPs de buscadores como o Google ou Bing e, consequentemente, tenha mais relevância e visibilidade para o público.

Um dos aspectos mais críticos do SEO Writing é que um processo de escrita baseado em requisitos técnicos não deve negligenciar a experiência de leitura do usuário. Devemos recordar que o leitor é o principal alvo da estratégia, e ele não pode se sentir enganado.

Uma experiência ruim de acesso pode ser evidenciada pelo alto volume de palavras-chave, que compromete a inteligibilidade do texto, pop-ups que abrem inesperadamente durante o acesso ou downloads que aparecem sem ser solicitados. A qualidade gráfica dos conteúdos visuais também é um fator imprescindível para SEO, sem contar a velocidade de carregamento dos elementos que compõem o layout da página.

Agora que você sabe a importância da qualidade da informação que compartilha, falaremos sobre aspectos mais técnicos para garantir um SEO Writing adequado e excelentes resultados de classificação em search engines.

  • Tenha uma seção de perguntas e respostas na página principal do seu site

Para os algoritmos de search engines e classificadores de relevância do Google, quanto mais informações correspondentes às intenções de pesquisa do usuário estiverem presentes na página indexada ou divulgada pelo anunciante, mais bem classificada ela ficará.

Isso também significa que, se você criar uma seção de perguntas e respostas na página principal do seu site, os resultados disponíveis corresponderão às intenções de mais pessoas. Assim, você terá a oportunidade de se classificar várias vezes, a cada questionamento respondido adequadamente.

Por isso, busque as perguntas mais comuns para o seu nicho de atuação e escreva-as com as respostas mais completas possíveis na primeira página do seu site. Procure deixar essa seção bem próxima do campo visual do leitor.

  • Crie um índice em todos os seus conteúdos

O objetivo da criação do índice é o mesmo que o da seção de perguntas e respostas: demonstrar que o conteúdo tem capacidade de corresponder às intenções de pesquisa e responder adequadamente as solicitações dos usuários.

Por isso, é importante transformar os tópicos do conteúdo em índice, listá-los no início do artigo e, se possível, adicionar as palavras-chave nos títulos.

  • Escreva subtítulos em formato de perguntas

Essa tática também corresponde ao objetivo que apresentamos nos dois últimos tópicos: demonstrar aos leitores, e aos classificadores que trabalham para os buscadores, que o conteúdo da página tem as respostas para as dúvidas dos usuários. Automaticamente o torna uma opção plausível para uma boa experiência de navegação.

  • Escolha adequadamente as palavras-chave

A pesquisa de palavras-chave é uma das etapas mais importantes do processo de SEO Writing. Más escolhas podem inibir um bom posicionamento do seu site nas SERPs — o que significa um custo de oportunidade de milhares de visitantes. Existem ferramentas que ajudam na determinação das melhores palavras-chave, como:

  • Ubersuggest;
  • Keyword Explorer da Moz;
  • Infinite Suggest;
  • SEORCH;
  • kparser;
  • Google Suggest;
  • Keywords Everywhere;
  • Infinite Suggest.

Algumas permitem conferir os dados de volume de pesquisa, mapeiam termos usados por concorrentes, exibem palavras-chave de cauda longa com a quantidade de termos predeterminados pelo usuário, entre outras funções.

  • Crie títulos extremamente atraentes

Antes de clicar na headline, o usuário é apenas um prospect. Logo que ele demonstra interesse no site, a partir do seu clique inicial, ele se torna um lead. Se a experiência de visitação é positiva, a lead pode se tornar um cliente em potencial para, finalmente, ser convertido em um consumidor da marca.

De acordo com um estudo publicado no blog Moz, a taxa de cliques orgânicos incrementa as classificações do Google. A melhor maneira de aumentar o CTR é criar títulos atraentes para os seus artigos. Não adianta ter uma boa posição na SERP se o headline não despertar a curiosidade, o senso de urgência ou demonstrar que o texto tem a capacidade de resolver as demandas dos usuários.

  • Use as palavras-chave de forma natural

Já abordamos a importância da escolha de palavras-chave, mas ainda não especificamos como elas podem ser usadas de forma estratégica no conteúdo. É sabido que as equipes de análise do Google não consideram densidade de palavra-chave um fator relevante para classificação.

Isso porque usá-las com exagero e de forma pouco natural no conteúdo pode prejudicar a experiência de leitura dos usuários. Dessa forma, a localização desse elemento pode ser mais relevante do que a quantidade usada no conteúdo em si. Por isso, nunca se esqueça de adicionar a palavra-chave:

  • na URL;
  • na tag de título;
  • na meta tag;
  • no primeiro parágrafo;
  • em uma tag H1;
  • em uma tag H2.
  • Crie parágrafos curtos

A clareza de voz é outro elemento-chave para uma boa experiência do usuário. Uma leitura mais fluída favorece a permanência do leitor na página e até cliques em outros artigos.

Isso também demonstra que o conteúdo consegue fornecer uma solução mais rapidamente para suprir a busca do leitor. Para favorecer a inteligibilidade das informações, escreva cada frase do seu artigo como se fosse um tweet de 140 caracteres.

  • Atualize o conteúdo

A atualização de conteúdo, que se baseia muito mais na efetivação de mudanças substanciais do que apenas na inclusão de uma imagem ou alteração de uma parte do texto, é um processo que pode garantir melhores classificações e motores de pesquisa. 

Além de tornar o conteúdo mais atrativo para a público, uma vez que atualiza as informações conforme o contexto, esse processo reitera a importância da página para search engines. Quanto mais conteúdo for modificado, melhor será a repercussão da atualização.

Por isso, a página inteira deve ser atualizada, porém, não o suficiente para o algoritmo não perceber que o processo foi efetivado: é preciso demonstrar que houve um cuidado na atualização das informações, e não que o conteúdo foi totalmente substituído.

  • Mensure seus ganhos

A avaliação dos resultados também é importante para o SEO Writing, porque permite analisar ganhos e promover mudanças para potencializá-los. A base para qualquer estratégia de SEO é saber o que você espera alcançar.

Defina metas mensuráveis antes de começar, para que todos os envolvidos no processo — planejadores, redatores, revisores e analistas de marketing — trabalhem em direção aos mesmos KPIs.

As métricas mais relevantes para o processo de SEO Writing são:

  • taxa de cliques na página;
  • taxas de conversão;
  • tráfego orgânico;
  • backlinks;
  • posição nas SERPs;
  • alcance de snippets;
  • tempo de permanência do usuário na página;
  • nível de autoridade da página;
  • dificuldade de alcance orgânico de uma palavra-chave;
  • taxa de visualizações por sessão.

No SEO Writing, você precisa considerar os objetivos estabelecidos para a sua estratégia e as determinações de relevância de search engines. Entretanto, escrever conteúdo é muito mais um processo para atender à demanda dos usuários que os requisitos de SEO.

Quando você provém uma experiência qualificada e única de leitura e visitação da página, com qualidade de conteúdo, segurança e velocidade, automaticamente, favorece a posição da sua página nas SERPs.

Referência: Rock Content

Share on facebook
Compartilhar
Share on google
Compartilhar
Share on twitter
Twittar
Share on linkedin
Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *