NOSSO BLOG

Marketing de Conteúdo – Uma nova forma de comunicar-se

Certamente você já deve ter ouvido falar sobre o Marketing de Conteúdo – uma estratégia de marketing para atrair clientes com conteúdos relevantes, dicas, blogs e ebooks. Esse tipo de marketing não se refere e promove a marca diretamente, mas faz com que o público-alvo a conheça quando expõe soluções de problemas e se coloca como referência, se tornando uma autoridade confiável no tema, já que resolveu o problema do seu público. Continue a leitura para saber mais!  

No cenário atual, todos nós sabemos a importância de estar nas redes sociais e se destacar no mundo do Marketing Digital. O Marketing de Conteúdo vem para ajudar você a alavancar as vendas de seu negócio, fazer diferente do que seu concorrente – que já está no Marketing Digital – e se destacar como um ponto de referência do seu seguimento. Se você ainda não entendeu o que é o Marketing Digital, fique tranquilo, observe esse exemplo.

O Marketing Digital é basicamente nutrir seu campo com belas flores para assim atrair abelhas e pássaros, deixando seu campo mais belo ainda. O Marketing de Conteúdo é assim também, você nutre seu público-alvo para que ele conheça sua marca e te ajude a deixa-la mais forte!

Mas aí você me pergunta, como nutrir esses possíveis consumidores? Temos diversas formas para isso! Vou citar algumas para você, continue acompanhando.

Uma das formas de atrair o nosso target é com uma criação de conteúdos relevantes e valiosos para eles. Um conteúdo relevante nem sempre é falando de um produto, por exemplo. O bom conteúdo não é focado em vender, mas se dispor a ajudar, esclarecer dúvidas ou até mesmo ensinar algo.

E como você ajudou o seu publico em um momento que ele precisava agora ele tem uma visão positiva da sua marca e pessoas tendem a fazer negócios com empresas que elas já conhecem e gostam ao invés de comprar com desconhecidos. É como falamos ali em cima, deixar o campo bonito para atrair mais abelhas e pássaros.

Agora que você já sabe o que é o Marketing de Conteúdo, vamos aprofundar o assunto e falar de um assunto que vem junto com ele, o Inbound Marketing.

Toda e qualquer estratégia que busque o interesse das pessoas de formas não invasiva ou interrupta é conhecida como Inbound Marketing. Diferente das propagandas agressivas, que jogam anúncios e anúncios na cara das pessoas, o seu objetivo é atrair o público sutilmente. 

Para fazer isso, existem quatro pilares essenciais para o Inbound Marketing funcionar na sua melhor forma, são eles:

·         Atrair: por meio do conteúdo relevante, o Inbound atrai visitantes interessados no assunto ou negócio.

·         Converter: aqui o intuito é converter os visitantes em leads, aproximando mais ainda do seu negócio e transformando eles em potenciais de vendas.

·         Vender: Seu lead ficou interessado no produto ou serviço que você oferece? Esse é o momento de fechar a venda, mostre que sua solução é a melhor e finalize a venda.

·         Encantar: A sua relação com seu cliente não termina pós compra, O Inbound prega que você tenha uma relação duradoura com ele e que ofereça todo o suporte de pós-vendas, além de encantar ainda mais o cliente com matérias interessantes e sempre com um ótimo atendimento!

 

Ou seja, fazer Marketing de Conteúdo é basicamente seguir todas as linhas do Inbound Marketing. Atrair o seu público de forma que ganhe a confiança deles e conquistar clientes fiéis a marca.

Além dos benefícios que já falamos sobre o Marketing de Conteúdo, existem outros benefícios que você atrai para sua empresa adotando essa estratégia, continue ligado!

 

Benefícios do Marketing de Conteúdo

Muitas empresas já estão adotando o Marketing de Conteúdo no Brasil, por ver uma grande chance nessa estratégia. A Guaraná Antarctica vem fazendo um incrível Marketing de Conteúdo nas suas mídias sociais e vem ganhando um enorme engajamento e crescimento. Com aproximadamente 15 milhões de fãs só no Facebook, é uma marca com grande relevância nas mídias sociais.

Segundo uma pesquisa realizada em 2018 pela Content Trends, a maior pesquisa sobre Marketing de Conteúdo do país revela que cerca de 73% das empresas brasileiras já adotam essa metodologia na sua estratégia de aquisição de clientes e 61,8% das que ainda não utilizam pretendem adotá-la em breve.

Mas quais são os benefícios de adotar essa forma de marketing?

 

Gera Brand Awareness

Ou como podemos dizer, reconhecimento da marca. A produção de conteúdo contribui para que mais pessoas conheçam sua marca, serviços e produtos que sua empresa oferece. Como já citamos acima, as pessoas que conhecem uma marca tendem a comprar nela por já confiarem. Um exemplo, uma pessoa que sempre lê seus blogs vai preferir sua marca quando precisar comprar um produto ou serviço desse ramo, afinal você o ajudou diversas vezes com o seu conteúdo.

 

Aumenta o engajamento com a marca

Enquanto você aumenta a quantidade de pessoas que conhecem sua marca de maneira positiva, você também busca construir um relacionamento próximo e constante com uma audiência mais seletiva, produzindo conteúdos de qualidade, aumentando as interações com ele, construindo assim, um engajamento. O resultado disso são pessoas que recomendam seu serviço ou produto.

Impulsiona a geração de leads

Além de gerar mais visitas no seu site, você consegue mias leads, assim terá mais possibilidade em transformá-lo em possíveis oportunidades de compras. Porque você vai ter todas as informações sobre eles, e assim vai saber qual conteúdo mandar para ele ou até mesmo qual vendedor indicar!

Educa o mercado

As vezes seu público-alvo não entende bem o mercado que você está, e até mesmo para que servem os produtos ou serviços que sua empresa oferece.

Essa é a deixa certa para produzir conteúdos que respondem essas dúvidas dos seus clientes e ensinar a eles tudo que precisam saber para tomar a própria decisão de compra. Se seu conteúdo for realmente de qualidade, você irá quebrar objeções e aumentar a satisfação do seu cliente, porque ele saberá o que está comprando e como utilizar da melhor forma!

Agora que você sabe alguns dos benefícios de adotar o Marketing de Conteúdo, vamos dar algumas dicas que podem te ajudar nesse processo!

 

Como executar o Marketing na sua estratégia

Quando falamos em Marketing de Conteúdo, pensamos diretamente em escrever né? Mas não é só isso. Faz parte criar conteúdo como blogs e vídeos, mas, isso tudo dependendo da sua estratégia e seus objetivos! Não adianta produzir e fazer trabalhos incríveis se você não sabe se está acertando seu público-alvo.

Então a dica aqui é trace bem os seus KPIs para atingir seus objetivos!

Os KPIs são indicadores-chave de desempenho que servem para medir se uma ação ou um conjunto de iniciativas está atendendo os objetivos propostos. Escolhendo bem seus KPIs você conseguirá mensurar se os seus objetivos vão ser alcançados ou não.

Para escolher bons KPIs lembre-se sempre dessas 4 dicas:

·         Ser importante: É crucial que elas possuam impacto no alcance do objetivo, não escolha métricas por possuir uma performance melhor nela se ela não te levar ao seu objetivo!

·         Ser simples de entender: Evite KPI complicados, eles devem ser fáceis de entender para que possa ser compartilhado de maneira clara com a equipe.

·         Ser facilmente mensurável: Para poder ser colocado em contexto e facilmente ser associado a um objetivo é necessário mensurar de forma simples.

·         Ser capaz de levar à ação positiva: Esse é um dos pontos mais importantes. Se a análise dos seus KPIs não trouxer atitudes para melhorar em relação aos seus objetivos, você escolheu os KPIs errados.

 

Uma forma de melhorar ainda mais o seu planejamento para utilizar o Marketing de Conteúdo é a criação de uma persona.

A persona diferente do público-alvo é uma personificação do seu cliente ideal que pode ir alterando ao longo do tempo. No target temos informações de um grupo demográfico que você procura atingir.   

Vamos dar um exemplo para deixar mais simples. Vamos supor que o público-alvo de uma denominada marca de chuteiras pode ser descrito como homens entre 16 a 26 anos que estudam e ou trabalham e geralmente vão em campos para jogar bola.

Mas essas informações não dizem muito sobre as preferências dos clientes como agem ou como pensam. E então a marca pesquisou seus clientes mais fiéis e traçou um perfil composto pelas características que melhor descrevem seu cliente ideal.

O resultado é a persona Fernando, um jovem de 21 anos que faz faculdade de manhã e estágio de meio período a tarde, gosta de se divertir aos finais de semana para balada e joga futebol de campo todas as quartas feiras. Assiste a vídeos e lê blogs de como melhorar sua forma de jogar para pôr em prática nos futebóis das quartas.

Como a persona é mais detalhada, ela te permite ações mais certeiras como produzir conteúdos perfeitos para ajudar o Fernando por exemplo.

Outra coisa que pode ajudar na sua estratégia são os funis de vendas.

O funil de venda já é usado há muito tempo pelos profissionais de Marketing porque é uma forma simples de ilustrar o processo de vendas, desde o primeiro contato com o público até o fechamento da venda.

Assim, como o funil, você terá um grande volume no topo, mas uma quantidade menor no fim. Entretanto a criação de conteúdo específico para cada etapa do funil é fundamental para que se consiga mais resultados. Existem 3 etapas de funil, e aqui vai uma dica para você possa produzir em cada uma!

 

Topo de funil

No topo do funil seu público ainda não está procurando solução para nenhum problema, as vezes ele nem sabe que tem um problema, ele está apenas se informando. Por isso, nessa etapa o foco é atrair a atenção do seu público e levar ele para o processo de venda. Vale lembrar que o público ainda não possui nenhum relacionamento com a sua marca e entende pouco do seu serviço. Por isso, evite falar da sua marca e ser publicitário, tente fazer um texto mais atrativo e dinâmico. Alguns exemplos de conteúdos que podem ser produzidos são: Blog, vídeos, podcasts e eBooks informativos.

Meio de funil

Já no meio de funil, o seu público já descobriu que possui um problema e estão procurando por maneiras de resolver esse problema. O conteúdo do meio do funil também é diferente do topo do funil. Posts de blog, conteúdos interativos e multimídia continuam sendo uma boa opção, mas devem ter um foco maior em soluções do que em informar, afinal seus leads estão procurando a forma de resolver o problema dele.

 

Fundo de funil

Já no fundo de funil, o seu público já está considerando adquirir seu produto e procuram informações que irão ajudá-los a tomar essa decisão. Então quanto mais contato e informação eles tiverem, maior a confiança que ele terá de comprar da sua empresa.

Diferente do topo de funil, os materiais de fundo devem ser abertamente focados na sua empresa ou produto. Cases e depoimentos são bons exemplos de conteúdos para essa etapa, pois passam seguranças. Landing Pages com ofertas específicas de desconto também podem ser impulso final para fechar as vendas!

Essas são algumas dicas de como começar a utilizar o Marketing de Conteúdo nas suas estratégias, mas lembre-se, o principal foco dessa forma de Marketing não é simplesmente vender. É se aproximar do seu público, estar presente na vida dele de uma forma positiva, para que assim ele adote um estilo de vida que inclua a sua marca ou empresa nele.

 

Nós somos uma agência especializada em Marketing Digital e utilizamos o Marketing de Conteúdo em todos os nossos clientes!

Ficou com alguma dúvida? Não durma com ela! Nos envie uma mensagem em algum dos nossos contatos abaixo e vamos marcar uma call!

WHATSAPP: 17 99787-2247

 

EMAIL: contato@interstatus.com.br

Share on facebook
Compartilhar
Share on google
Compartilhar
Share on twitter
Twittar
Share on linkedin
Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diogo Sampaio

Diogo Sampaio

Diretor Comercial

Facebook