NOSSO BLOG

Marketing de influência – O quanto os influencers são necessários para as marcas

Você já parou para analisar o quanto em seu dia-a-dia você é influenciado por todos que estão ao seu lado?


Se parar para pensarmos, desde que nascemos até a idade adulta, estamos constantemente sendo impactados por opiniões alheias, seja de seus familiares, amigos, professores e etc. E em algum momento você também acaba sendo um influenciador para alguém.

Com o “boom” da internet e o avanço das mídias sociais as pessoas adquiriram um poder gigante, o da FALA.

Sabendo do grande potencial de influência que as redes sociais têm no comportamento das pessoas, logo foi surgindo grandes nomes nas mais diversas plataformas de mídias:
os famosos influencers.

Pelo retorno financeiro “prometido” aos influenciadores digitais, hoje em dia, muita gente se arrisca para se tornar um produtor de conteúdo e alcançar a tão desejada visibilidade.

Como foco nesse poder que essas pessoas têm, grandes marcas começaram a investir nesta comunicação. Algo como se um “amigo” tivesse falando com você sobre determinado produto, com caráter mais orgânico e uma conexão que pode ser muito maior com seu público alvo.

Marketing de influência e as marcas

Vejam alguns dados muito importantes para entender sobre influência com a pesquisa realizada pela YOUPIX – que chega em sua terceira edição juntamente com o grupo de pesquisa AlgoritmCOM.

A pesquisa foi realizada em março de 2021 com 94 empresas brasileiras. Os resultados apontados mostram o quanto o marketing de influência é um caminho sem volta para grandes, médias e pequenas empresas.

  • 86,5% das empresas concordam com: “Trabalhar com influenciadores traz um resultado que nem um outro tipo de comunicação digital pode trazer”.   
  • 71% das empresas consideram o Marketing de Influência ser importante em suas estratégias de comunicação.
  • 83% das empresas consideram que, com a pandemia, o Marketing de Influência se tornou mais estratégico para sua empresa.
  • Quando questionados em relação a investimento, 71% disseram que irão aumentar seus investimentos de 2020 para 2021.
  • 94% realiza ações remuneradas com influenciadores.

Afinal, O que é um influencer digital?

Os influencers digitais fazem o elo entre a informação e os novos usuários, trazendo uma linguagem mais atrativa sobre um determinado tema.

Um influenciador tem, muitas vezes, acesso a um número grande de pessoas ou “seguidores” que, com sua autenticidade, consegue persuadir seu público sobre uma marca ou um produto.

Desde a ascensão das redes sociais, os influencers se tornaram uma grande tendência. Vendo esse fenômeno, as marcas estão firmando parcerias de grande investimento publicitário com essas “personalidades da internet”.

Nessa via de mão dupla, ambos acabam ganhando. Por um lado, a marca consegue se conectar com esse novo público e, por outro, o influencer consegue fazer disso uma profissão rentável com acordos de contratos remunerados.

Conteúdo é a cereja do bolo.

FATO: não é fácil a vida de um influencer digital.


Para você que deseja trabalhar nessa área, tenha sempre em mente que é um trabalho como outro qualquer. Ou seja, precisa de planejamento, dedicação, estudo e uma disciplina muito grande.


O diferencial dessa profissão é o quanto que você tem que desenvolver conteúdos diariamente. Isso quer dizer que 90% do seu tempo pode ser criando conteúdo.
As redes sociais estão em constante mudança, você não pode achar que ficar uma semana sem postar nada é irrelevante, os seus seguidores estão sempre buscando mais e mais conteúdo.
Então, é dedicação mesmo! Prepare-se se esse for o seu objetivo.

Não se nasce uma Juliette todos os dias

Você deve ter ouvido falar no “fenômeno” chamado Juliette, certo? Se nunca ouviu falar, que mundo vive?

Pois bem, Juliette participou do Big Brother Brasil 21 e ao longo de sua trajetória foi se destacando, venceu o programa e hoje conta com seus 30 milhões de seguidores. Segundo o levantamento da plataforma Hype Auditor, Juliette é a terceira pessoa com maior engajamento do Instagram do mundo, ficando apenas atrás da cantora Ariana Grande e o jogador de futebol Cristiano Ronaldo.

Muitos acreditam que esse sucesso que ela tem é devido a visibilidade que obteve no programa que participou, mas convenhamos, olha quantas pessoas passaram no reality e não conseguiram nem 20% do que ela conseguiu.

Algumas agências publicitarias do país acreditam que esse fenômeno que ela conseguiu é algo muito raro de alcançar. Porém, alguns fatores a ajudaram como por exemplo a pandemia. Muitas pessoas estão passando por dificuldades e nesse momento ninguém quer ver conteúdos de ostentação. Juliette é nordestina, mulher, advogada e independente. Tem algo mais orgânico do que isso? Ela não foi produzida, mas sim introduzida nesse meio.

E você, além da Juliette, qual outro (a) influencer você se identifica?

Comenta aqui pra nós!

Referência: www.clubesocialmedia.com.br

Share on facebook
Compartilhar
Share on google
Compartilhar
Share on twitter
Twittar
Share on linkedin
Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *